História
História

Brasil: Nunca Mais

Esse livro é o resultado da mais ampla pesquisa realizada pela sociedade civil sobre a tortura política no país, revelando a gravidade das violações aos direitos humanos promovidas pela repressão política durante a ditadura militar. 

Náufragos

São histórias escritas muito depois dos acontecimentos e possuem o direito à dúvida. Algumas claramente fantasiosas, outras nem tanto. Neste livros estão reunidas algumas que possuem alguma veracidade em suas informações.

Azincourt

“Azincourt”, uma obra monumental que mergulha nas páginas da Guerra dos Cem Anos. O livro oferece uma narrativa épica centrada na Batalha de Azincourt, destacando-se não apenas pela precisão histórica, mas também pela habilidade de Cornwell em dar vida aos personagens e ao cenário medieval.

A Primeira Guerra Mundial

“A Primeira Guerra Mundial” é uma obra monumental que explora meticulosamente os eventos que culminaram na Primeira Guerra Mundial. Publicado em 2013, o livro é uma investigação profunda das políticas, alianças e personalidades que moldaram o cenário europeu nas décadas que antecederam o conflito.

O Queijo e os Vermes

“O Queijo e os Vermes” de Carlo Ginzburg é uma obra que transcende os limites tradicionais da história, levando os leitores a uma viagem fascinante pelos cantos mais obscuros da vida renascentista. Publicado em 1976, o livro é uma exploração meticulosa e envolvente da vida e das crenças do moleiro Menocchio, cujo julgamento por heresia lança luz sobre as complexas interações entre a cultura popular e as instituições dominantes do século XVI.

Che Guevara

O livro fala mais do “Guevarismo” do que de Che, mais do mito do que do homem. Não poderia deixar de ser, pois essa icônica figura do século XX, que despertou paixão e ódio, até hoje tem seu nome relacionado com uma das mais importante revolução já feita: a Revolução Cubana de 1959.